Cabeça

Transpiração excessiva

Cabeça

A hiperidrose ou a transpiração excessiva na cabeça (couro cabeludo, região frontal/testa, face, nuca, pescoço e rosto) é um problema que afeta bastante a auto-estima de quem sofre desta condição. Porém, ela pode, muitas vezes, ser resolvida, por exemplo, com a aplicação de botox como solução terapêutica

Apesar desta alternativa ter uma durabilidade limitada e ser necessária a sua reaplicação ao longo do tempo, os seus resultados continuam a ser satisfatórios e, por isso, é uma opção utilizada com bastante frequência.

Convém, no entanto, sublinhar que esta é apenas uma opção para casos comprovados de hiperidrose, já que a transpiração em quantidade considerada normal é uma forma do organismo equilibrar a temperatura corporal.

Tratamentos

Considera-se que o tratamento mais eficaz para a hiperidrose consiste na aplicação de injeções de botox, cujos resultados começam a ser notórios logo passadas 48 horas.

Entre as vantagens deste procedimento, está o facto de ser um tratamento: 

  • seguro;
  • sem efeitos colaterais;
  • pouco doloroso (recorrendo a uma agulha muito fina).

Contudo, os resultados não são muito duradouros e, por isso, este tratamento pode ter de ser repetido num intervalo entre 3 a 6 meses. 

Embora em alguns casos a periodicidade possa ser estendida por mais tempo, havendo situações em que o controlo da hiperidrose pode durar até 1 ano.

Cabeça

A hiperidrose ou a transpiração excessiva na cabeça (couro cabeludo, região frontal/testa, face, nuca, pescoço e rosto) é um problema que afeta bastante a auto-estima de quem sofre desta condição. Porém, ela pode, muitas vezes, ser resolvida, por exemplo, com a aplicação de botox como solução terapêutica

cabeça

Apesar desta alternativa ter uma durabilidade limitada e ser necessária a sua reaplicação ao longo do tempo, os seus resultados continuam a ser satisfatórios e, por isso, é uma opção utilizada com bastante frequência.

Convém, no entanto, sublinhar que esta é apenas uma opção para casos comprovados de hiperidrose, já que a transpiração em quantidade considerada normal é uma forma do organismo equilibrar a temperatura corporal.

Tratamentos

Considera-se que o tratamento mais eficaz para a hiperidrose consiste na aplicação de injeções de botox, cujos resultados começam a ser notórios logo passadas 48 horas.

cabeça

Entre as vantagens deste procedimento, está o facto de ser um tratamento: 

  • seguro;
  • sem efeitos colaterais;
  • pouco doloroso (recorrendo a uma agulha muito fina).

Contudo, os resultados não são muito duradouros e, por isso, este tratamento pode ter de ser repetido num intervalo entre 3 a 6 meses. 

Embora em alguns casos a periodicidade possa ser estendida por mais tempo, havendo situações em que o controlo da hiperidrose pode durar até 1 ano.

O que é a hiperidrose ou transpiração excessiva?

A hiperidrose define-se por uma transpiração excessiva que pode ser uma manifestação do sistema nervoso, sem que esteja associada a temperaturas elevadas ou à realização de algum esforço em particular.

Tipos de hiperidrose 

Hiperidrose primária

A hiperidrose primária que costuma ter início na infância e na adolescência, afetando sobretudo áreas do corpo como o couro cabeludo, a testa, as mãos, os pés, entre outras. Neste caso, a origem é possivelmente hereditária.

Hiperidrose secundária

Já a hiperidrose secundária, que costuma surgir na idade adulta, pode ser provocada por uma doença ou pela toma de determinados medicamentos. Nesta situação, a transpiração costuma afetar todo o corpo e até ocorrer durante o sono.

Zonas mais afetadas

  • Axilas
  • Mãos e pés
  • Couro cabeludo
  • Testa
  • Face
  • Virilhas
  • Peito
  • Costas

Quais as principais consequências da hiperidrose?

A transpiração excessiva tem como principal consequência baixar a auto-estima e a auto-confiança de quem sofre desta condição por ser algo inestético e que pode ser, erradamente, associado a falta de higiene.
Assim, esta condição pode trazer consequências negativas para o dia a dia do indivíduo, nomeadamente no que respeita à sua integração social e mesmo profissional.

 

A nível mundial, a hiperidrose afeta aproximadamente 5% da população. Em Portugal, acredita-se que cerca de 500 mil pessoas possam sofrer desta condição que, como dissemos, pode afetar diversas zonas do corpo.

Marque a sua Avaliação Gratuita

Entraremos em contato no prazo de 24h. Obrigado!

Nome *
Preencha esse campo
Email *
Digite um endereço de e-mail válido.
Telefone *
Preencha esse campo
Tratamento
Selecione uma opção
Mensagem
Preencha esse campo
Você precisa concordar com os termos para prosseguir
Menu